sexta-feira, 10 de julho de 2015

Barateando na UGRA PRESS!


A UGRA foi um blog (e ainda é), virou loja virtual (e ainda é) e agora tornou-se também loja física, na Consolação.

Para começo de conversa, faz pouquíssimo tempo que fiquei sabendo do trabalho desenvolvido pela UGRA PRESS. Li uma matéria no Ideafixa e comecei a ficar super curiosa. Então fui fuçando, fuçando mais um pouco e mais um tanto, pesquisando, lendo, descobrindo. Até me ver irremediavelmente cativada por esse projeto.

Não é segredo para ninguém que uma das forças que movem o Barato Literário é a divulgação de trabalhos nacionais relacionados à literatura, seja ela em livros ou quadrinhos. E a UGRA é a única loja que conhecemos especializada em publicações independentes, principalmente quando se trata de quadrinho independente (Zine) e que tem uma proposta super bacana de aproximar autores Zineiros e leitores! Estivemos lá no Sábado, dia 4 de Julho, e batemos um papo super bacana com Douglas Utesher, o fundador da UGRA. 





Chegamos cedinho, antes das pessoas normais acordarem (hehehe) e pegamos a loja super tranquila (depois ferveu de gente, mas já não estávamos lá) o que nos facilitou fotografar e conversar com os Utescher (digo "os", pois o Douglas e a Dani são o casal que tocam o projeto). :D
Fiquei impressionada como o Douglas Utescher  é gente boa, mente aberta e super cabeça!
Estou segurando  a primeira edição de "Ugritos" - O Zine bimestral da casa, com um novo convidado a cada edição. 
Dessa vez Chico Felix fez as honras, com o título "CRU".

Douglas começou a desenhar seus próprios quadrinhos ainda na escola, fazendo xerox e vendendo aos colegas! De lá pra cá muita coisa mudou, mas o amor pela música e pelos Zines (que sempre andaram juntos) foi se tornando cada vez mais concreto até chegar no que é hoje. O Douglas deu uma entrevista super batuta para o pessoal do blog Em Solo Nacional, que vale muito a pena conferir.

A Ugra Press além de uma editora independente, também é produtora de eventos dedicados à cultura alternativa, como o UGRA Zine Fest (que rola no CCSP em setembro), evento anual que traz ao público o universo dos fanzines e das publicações independentes.

No blog oficial da UGRA encontrei a seguinte auto definição: “Nosso foco são publicações que tratem de (mas não somente) quadrinhos independentes, contracultura, subculturas, música alternativa, cinema underground, arte urbana, faça-você-mesmo, pensamento divergente e tudo o que seja provocativo, incomum e transgressor. E Daí? você me pergunta. E aí que provocativo, incomum e transgressor hoje em dia é dar valor para o que produzimos aqui. É abrir mão do preconceito e se aventurar em publicações inimagináveis. É descobrir um novo universo só pelo fato de sair da zona de conforto. É ler Poe, mas também conhecer o trabalho incrível do mestre R. F. Lucchetti, ícone do terror nacional.




E esse é o Fabiano Oliveira, que tirou nossa foto do fim do post! :)


Dani Utescher - Super simpática aturando nossa bagunça e nos alimentando com cookies!

Vale lembrar que a loja física da UGRA não é somente um espaço de vendas. A UGRA surgiu como um projeto de fomentação à cultura independente e de quadrinhos. Segundo Douglas, a idéia com o espaço físico é realizar variadas atividades, como workshops, oficinas, bate-papos, encontros com autores e outras cositas más!

E que esse projeto decole, voe bem alto e abra os horizontes de mais pessoas, assim como abriu os dessa Barateira que vos fala! 

Ia esquecendo o endereço do "lujinha", anota aí: Rua Augusta, nº 1371, loja 116 – Consolação – São Paulo. Não pessoal, esse não é um release pago. É tão independente quanto a UGRA, e só foi escrito por que acho super válido partilhar as coisas incríveis que encontramos por aí. :D

As Barateiras: Josy , eu e Jeniffer, fazendo seu "debut" aqui no blog!

Tinham muito mais fotos, mas para esse post não virar a são silvestre, escolhermos essas. Dá para conferir o album todo clicando aqui.

E aí, seus lindos, ficaram com vontade de visitar esse espaço alternativo tudo de bom? Conhecem alguma outra editora ou loja do gênero? Então comenta aí e conta pra gente! ;)





Postar um comentário