sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Promessas de Ano Novo: Metas Literárias!

Saudações, povo baratal!

Hoje já é quase ano novo, as expectativas e as promessas estão em alta e só pensamos em fazer diferente e reparar tudo. No meio disso, temos leitores que elaboram as famosas Metas Literárias, essas "metas literárias" consistem em uma grade de programação para o ano, visando atingir uma determinada quantidade de livros para se ler ao longo dos 12 meses.
Reuni algumas dicas e exemplos para que vocês possam elaborar uma meta bem bonita e cumpri-la! Pois é... Todo leitor já fez uma e lamentou no final por não ter lido nem metade do planejado. Para que isso não ocorra de novo, fique ligado na lista abaixo!

01.   Seja Sensato!

Este é o primeiro passo, ser sensato e realista. De que adianta fazer uma lista de 200 livros se você já sabe que não vai conseguir ler todos? É muito melhor fazer uma lista de 20 livros que poderá ler do que uma que não lerá nem metade, não acham? Afinal, ao longo do ano você desviará desta lista, pois ganhará mais livros, outros serão lançados e você  vai querer ter tempo para aproveitá-los sem assassinar o seu cronograma. Portanto, deixe esse espacinho livre em sua meta.



02.   Priorize os que já têm!

Não tente me enganar! Você com certeza deve ter pelo menos uns 5 livros na lista de espera em sua estante do qual está enrolando para ler. Então, porque não começar com eles? É uma ótima pedida para se começar uma meta e já esvaziar sua lista de pendentes, conte também com a possibilidade de você não conseguir adquirir os livros que pretende. Começar lendo os que já têm lhe dá tempo para economizar e manter sua meta seguindo leve, livre e feliz!




03.   Meta não é obrigação!

O título já diz tudo, você pode fazer sua lista e determinar a ordem de leitura OU optar por deixar a escolha livre (eu acho muito melhor essa opção), até porque a leitura pode se tornar chata se não corresponder ao momento que está vivendo, por isso não se obrigue a ler nada. Mesmo que opte por determinar uma ordem de leitura, se permita desviar um pouco se quiser. Uma meta é para ser uma atividade divertida, não se esqueça disso! 



04.   Respeite seus gostos!

Pode muito bem acontecer de você começar um livro e simplesmente detestá-lo. Esta dica se relaciona com a anterior, uma meta não é uma obrigação. Se ocorrer de não gostar de um livro, abandone a leitura, uai! Há muitos outros livros esperando para serem abertos e vasculhados por nossos olhinhos certeiros, dê uma chance a eles. E não, você não se desviará da meta, afinal você tentou, apenas irá substituir por outro e nada impede de retomar essa leitura em outro momento.



05.   Don’t you cry!

Caso não consiga ler todos os que gostaria para 2016, não chore criança! Você terá 2017, 2018, 2019...Não desanime! O importante é ler, quando chegar ao final do ano  e perceber que não atingiu o resultado que queria, não se preocupe. Afinal você já atingiu a melhor meta de todas: Você leu, se divertiu, se emocionou, viajou com os autores, fez desses livros parte de sua história, coloriu seus dias chuvosos e acalmou seu coração nos momentos mais difíceis e isso, minha criança, é o mais satisfatório.

Tenham todos um feliz ano novo e até a próxima galerinha! 






Postar um comentário