Sempre em frente - Carry On



Autor: Rainbow Rowell

Editora: Seguinte

Gênero:  Ficção, Fantasia, Romance, LGBTQ

Páginas: 504

Trilogia: Simon Snow 1

Simon Snow é um garoto agora no fim da adolescência e no último ano da escola de magia. Durante todo o tempo em que descobriu seus poderes mágicos, foi lhe dito que ele era o "Escolhido". Aquele que libertaria o mundo mágico de um grande vilão: O Oco (sei que a tradução fica meio ridículo o nome).


Embora ele tenha passado a vida em um orfanato, e tenha uma grande amiga. Uma das constantes em sua vida é seu parceiro de quarto e também inimigo: Baz.


Então, quando Baz não aparece no retorno das aulas imediatamente Simon começa a pensar que ele pode ter algum plano maligno em prática, algo contra a sua vida ou a magia em geral.


Depois de algumas semanas, Simon vasculhou a escola toda e intimidou dezenas de amigos de Baz só para não ter nenhuma noticia. 


Começando a se preocupar que algo ruim havia acontecido com ele, o que deveria ser algo muito ruim já que ele suspeitava que Baz fosse um vampiro. Até que um espírito perdido lhe faz um pedido que fala diretamente sobre seu parceiro de quarto.


Sem saber o que fazer, Simon é surpreendido com a volta de Baz totalmente abatido a escola. Agora ele precisa dar um jeito de encontrar uma trégua para falar sobre a mensagem que recebeu e ainda tentar entender  o que aconteceu.


Esse na verdade não é o começo original desse livro, isso porque a autora Rainbow Rowell criou esses personagens como membros de uma fanfic da qual sua personagem do livro Fangirl é fã. Então originalmente este livro não existiria. Conforme passou o tempo, a autora sentiu que devia escrever a história desses personagens e deu ínicio a trilogia Simon Snow. 


Você que leu a descrição do título, deve-se perguntar aonde está o romance do livro. Não acredito que seja spoiler porque está na descrição de quem pesquisa o livro. Simon e Baz acabam por se apaixonar ao longo desse volume. 


Você também deve notar uma semelhança do título com alguns elementos de Harry Potter, o que também não é coincidência. A autora se inspirou neles para criar os elementos da história para a fic de Fangirl e apenas os desenvolveu e ampliou o universo quando eles ganharam seu livro próprio.


Gostei do livro, mas devo dizer que leva muito tempo para o Baz voltar, quase metade do livro é dela explicando as coisas e tentando manter o leitor com informações para enrolar até a volta. Quando as coisas realmente andam. 


Embora o relacionamento de ambos tenha ficado ótimo de se ler, acredito que poderia ter tido mais cenas entre o casal já que enrolam tanto para eles ficarem juntos. Espero que os próximos volumes melhorem isso. 
Recomendado para quem gosta de Harry Potter e yaoi em geral.