Dia Nacional do Livro Infantil

ilustras adaptadas do freepick

No dia 18 de abril, comemoramos o dia nacional do livro infantil. Essa data foi escolhida por ser o aniversário de Monteiro Lobato, criador do Sítio do Picapau amarelo, uma das obras infantis brasileiras mais conhecidas e aclamadas. Maaaaaaas nesse post, não vou falar do Monteiro nem do Sítio. Verdade seja dita, temos muito material bacana e mais atual para crianças, e por isso, resolvi trazer alguns títulos para celebrarmos essa data! Simbora?




Escolha o seu dragão, da Rosana Rios já apareceu como dica de leitura aqui do blog,  e sempre que me pedem uma indicação de livro infantil ele é o primeiro que surge na cabeça. narra as aventuras de três primos com idades entre 8 e 10 anos descobrindo sobre as lendas e mundos dos dragões. São apresentadas três lendas: o dragão de São Jorge, o dragão chinês e a história da grande cobra d’água que vive nos rios do Brasil e por tanto, seria o nosso tipo de dragão nacional. 

As ilustrações feitas com xilogravura são um show a parte! Fazendo uma pesquisinha básica para esse post, descobri que o livro Escolha o seu dragão foi selecionado para o catálogo da Fundação  Nacional  de  Livro  Infantil e para representar o Brasil na Feira de Bologna, na Itália, em 2012. Chique, né?


Os quatro dragões de Lúcia Lemos conta a história de Quatro Dragões que se unem para ajudar uma
população esquecida por seus deuses e passando por uma terrível seca. Adaptado de uma antiga lenda chinesa, o livro integrou aquarela e pintura digital. Foi publicado em
 2019, pela editora PenDragon sob o selo infantil, o "Dragõeszinhos". O livro tem 48 páginas coloridas e é a coisa mais mimosa que já vi! Inclusive, comprei esse livro ainda na pré venda, para presentear a minha sobrinha Sophia. Ela amou e eu, mais ainda!

lindo de viver, né?


Artur e os medos, de Felipe Campos, um livro de tirinhas cujo protagonista é o garotinho Artur,  que tem a capacidade de falar com os seus medos, que aparecem na forma de  monstros. A tira fala sobre como lidamos com nossos monstros interiores, frustrações, tristeza, raiva e outros sentimentos que nos colocam para baixo, mas com muito humor e uma pequena dose de drama. E tem dois volumes!


Tirinha do segundo volume ;)

O interruptor debaixo da escada de Janaina Tokitaka Miya tem 10 anos e acabou de se mudar para uma casa antiga em algum bairro de SP. Ela é bagunceira e não entende metade da mania de arrumação e limpeza de seus pais. Explorando seus novos domínios, Miya descobre que os antigos moradores da casa deixaram muitas coisas para trás, como se tivessem ido embora muito rápido. E um mistério fantástico começa a se abrir diante dos olhos da garota, envolvendo a casa, um video game velho e um interruptor debaixo da escada.

A princípio, pensei que fosse alguma adaptação gringa, mas qual não foi a minha surpresa ao perceber que “O interruptor em baixo da escada” é uma produção nacional super charmosa e instigante. Definitivamente, eu não tenho maturidade para ver um livro charmoso assim, cheio de ilustrações e com uma história bacana, e não me agarrar nele com unhas braços , dedos e dentes!


Indicação bônus: Sei que estamos falando do Dia Nacional do livro infantil, mas não resisti incluir nessa lista, os volumes 1 e 2 dos livros ilustrados de os "Pequenos Perpétuos" escritos e ilustrados por Jill Thompson. Coisa mais fofa! Para saber sobre esses livros-quadrinhos basta clicar aqui!



Todos os livros indicados nesse post eu li depois de adulta e a maior parte deles tem alguma resenha ou dica de leitura aqui no blog. Eu comecei a ler aos cinco anos de idade e apesar de ter me mantido no mundo dos livros desde então, não consigo lembrar de alguma obra que tenha marcado a minha infância. Eu cresci lendo de tudo e nunca deixei os livros infantis de lado. Em parte porque eu simplesmente adoro livros assim e em parte porque acredito que a gente nunca está velho demais para se divertir com uma boa leitura, mesma que ela seja para crianças.

E você, tem algum livro que marcou sua a infância? Comenta aqui que vou adorar saber!