sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

O Circo da Noite



Autor: Erin Morgenstern
Gênero: Ficção / Fantasia
Páginas: 366
Editora: Intrínseca

Em "O Circo da Noite" somos apresentados a uma história inesperada e surpreendente em muitos aspectos. Fui atraída principalmente pela linda arte da capa e comecei a lê-lo, sem saber sua sinopse. Eu recomendo isto aos leitores de modo geral porque a sinopse na orelha do livro está muito ligada aos eventos  e revela muitos fatos que de outra forma são surpreendentes na trama. 
Um das coisas que mais gostei na narrativa, foi a forma como a magia foi tratada no livro. Inicialmente você começa a ler e pensa que o livro é sobre um circo e que ele de alguma forma é diferente de outros sendo envolto em mistérios. Até que somos apresentados a Próspero, o ilusionista. Pensamos que ele é apenas um mágico de circo, quando na verdade ele é um mago de verdade que finge que seus truques são de mentira para as pessoas comuns. Isto foi uma reviravolta adorável, principalmente porque em seguida somos apresentados ao Homem de terno cinza, que  também é um mago. E então descobrimos que estes dois homens estão envoltos em uma disputa de poder através de um jogo, e ambos escolhem dois jogadores (magos iniciantes) para que cada um demonstre qual o tipo de magia mais capaz através de seus feitos.
O cenário escolhido desta batalha épica: Le Cirque des Rêves.
O misterioso circo todo em tons de preto, branco e cinza. Surge sem aviso e parte da mesma forma, com tendas de gelo, nuvens, magos, videntes, acrobatas e contorcionistas.
Levando o espectador a um espetáculo nunca visto.
A autora nos conduz de forma a fazermos parte da plateia do circo e caminharmos pelas suas tendas, conhecendo seus mistérios e personagens.
Embora exista um romance na trama, este não é o foco do livro. O verdadeiro foco é o próprio circo, todos os personagens que somos apresentados são apenas coadjuvantes comparados a ele.
Um dos meus personagens preferidos foi Bailey, um garoto que se apaixona pelo Circo a ponto de esperar por ele ano após ano. Somos também apresentados aos magos competidores e conforme descobrimos a competição vamos desvendando suas personalidades e opiniões. Um é Marco, o aprendiz do Homem de terno cinza. O outro é Celia, aprendiz e filha de Próspero. Pessoalmente, não gostei da atitude de Marco, ele parece não valorizar o sentimento das pessoas próximas a ele e, em alguns momentos faz pouco caso e até desfeita destes sentimentos. Acho que isto não contribuiu para o personagem ser carismático, embora isto não estrague a história.
A trama é inteligente e dá voltas em si mesma, alguns capítulos são situados em anos diferentes por isto é necessário prestar atenção as datas listadas no inicio de cada um para não se perder.
"O Circo da Noite" é um livro envolvente, surpreendente e do tipo que te embala como uma balada musical descomprometida e leve.   

Sinopse: O circo chega sem ser anunciado. Simplesmente esta lá, quando ontem não estava. Um cartaz diz: "Abre ao cair da noite, fecha ao amanhecer."
Entre nas tendas.
Passeie por um exuberante Jardim de Gelo.
Assista maravilhado enquanto uma contorcionista tatuada dobra-se até caber numa caixa de vidro.
E prepare-se para descobri a magia de surge das pontas dos dedos de duas pessoas que se amam e cuja paixão proibida ameaça consumi-los.    
Postar um comentário