sábado, 11 de abril de 2015

O Trono Sem Rei

Autor: Eddie Van Feu
Gênero: Fantasia, Ficção, Literatura Nacional
Páginas: 267
Editora: Linhas Tortas

Este livro começa a partir do final de "Lua das Fadas" que você pode ler a resenha clicando aqui. Nele conhecemos Bianca e Zac e o tempo que passaram juntos numa incrível aventura no Mundo das Fadas. 
Agora Bianca estava deprimida pensando que jamais veria Zac novamente, quando por milagre conhece um garoto na praça. Não um garoto qualquer, um Zac Humano!
A primeira vista, Bianca tem certeza que o rapaz é o mesmo anjo e não entende porque ele é humano e se recusa a falar com ela do que viveram no Mundo das Fadas. 
Porém depois de um tempo fica claro que Zac, este Zac sempre foi humano. Ele é só um garoto que trabalha nos correios e sofreu um acidente quando era pequeno. Isto deixa Bianca confusa, pois apesar de estar triste por sentir falta do Zac Anjo, esta gostando cada vez mais de ficar com o Zac Humano. 

Em paralelo a isto somos apresentados a família de Bianca, seus pais e seus amigos. Neste livro também é revelado um segredo do passado de sua família, que particularmente enriquece ainda mais a trama a meu ver.
Um dia em um passeio de família, Bianca convida Zac para ir com eles numa caminhada para uma floresta. Tudo vai bem, tirando a parte que surgem trolls malignos de um portal e levam Zac raptado para o Mundo das Fadas.

A partir daí, Bianca se vê envolvida novamente em um resgate féerico e com sua família inteira a tiracolo. 
Afinal, eles não iam perder a chance de lutar de capa e espada em um mundo mágico e perigoso. 

Comédia, drama, amizade e lealdade são mais uma vez vistos neste livro. A sequência de Bianca no mundo humano é muito legal. Podemos ver como é seu dia na escola e seus dramas adolescente com outras garotas rivais. Isto longe de ser entendiante enriqueceu e aproximou ainda mais a heroína do seu público.

A sequência no mundo das fadas uma hora se divide tendo diversos protagonistas, os pais de Bianca são ótimos. Eles não hesitam de entrar em uma boa briga e arriscar o pescoço para ajudar alguém ou conseguir unir sua família e mante-la em segurança.

A leitura é fluída e você não sente o tempo passar quando lê. 
O ponto negativo é que o livro tem o fim aberto, deixando sua conclusão para o terceiro volume: "A canção dos Quatro Ventos." Felizmente ele já foi publicado, então pude ler em sequência. Em breve, trarei a resenha para vocês.
O livro também conta novamente com as ilustrações belíssimas de Carolina Mylius. e você pode ver clicando aqui.

Quem gostou da primeira aventura de Bianca, vai gostar ainda mais desta!
Postar um comentário