sábado, 30 de maio de 2015

Lugar Nenhum

Autor: Neil Gaiman
Gênero: Fantasia, Ficção
Páginas: 335
Editora: Conrad

Atenção este é um livro de Neil Gaiman! 
Esta é uma frase padrão que deveria vir antes de qualquer resenha do autor. Isto porque ele tem um estilo único de escrever fantasia que pode fascinar alguns e causar estranhamento para quem não está habituado. Até hoje no entanto, nunca encontrei alguém que não gostasse de ler Gaiman. 
Da série de quadrinhos "Sandman" a roteiros, romances e livros infantis. Todos acabam por se apaixonar pelo modo incomum de retratar suas fantasias o mais próximo possível da realidade. 
Além de autor, Gaiman é um roteirista premiado, escreveu alguns episódios especiais da série da BBC "Doctor Who" e alguns de seus livros se tornaram filmes como "Coraline" e "Stardust- o mistério da Estrela". A mais recente obra dele que pode ser adaptada nos próximos anos é o livro "Deuses Americanos."
"Lugar nenhum" não foge ao estilo do autor, nele somos apresentados a Richard Mayhew. Um rapaz assalariado comum, com uma vida comum que vive em Londres e tem uma noiva linda e autoritária que toma a maioria das decisões por ele. Não que ele se importe, Richard é o tipo de pessoa que se deixa levar pela maré. 
Um dia, quando passeia com a noiva pelas ruas de Londres surge uma garota parecendo uma mendiga e cai na sua frente ferida. Contrariando sua noiva, Richard para e presta não apenas socorro como leva a sem teto para sua casa. E sem perceber, isto muda toda a sua existência. Na verdade, isto APAGA toda sua existência. E aí que seus problemas e sua busca começam.
Richard descobre então que existe uma "Londres de Baixo" na qual vivem a maioria das pessoas que assim como ele, não existem para a Londres Real. Infelizmente (ou não) ele também descobre que coisas incomuns como magia e monstros também são reais lá.
Agora Richard tem que ajudar Door, a misteriosa garota que ele salvou para conseguir recuperar sua antiga vida. 
O livro é uma fantasia urbana envolvente, e é comparada por alguns a um "Alice no país das maravilhas" moderno. Os personagens são envolventes e cada um tem personalidade única e uma história própria.
Cada passo de Richard no submundo da "Londres de Baixo", é como se o leitor fosse também apresentado a esta nova realidade. E as reações do personagem são muito similares ao que eu acredito que alguém real teria se estivesse na sua situação.
Para aqueles que são fãs do autor é um título indispensável, para quem não é mais quer conhecer é um bom ponto de partida. Assim como um convite para quem quiser conhecer um tipo diferente de fantasia contemporânea. 
Postar um comentário