quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Encontro com um Kindle | Parte 1



Ok. Vamos começar pelo começo. Nunca tive vontade suficiente de usar um e-reader, seja ele, kobo, Leve ou Kindle. Desde criança tenho um fetiche estranho por livros. Não me basta lê-los. Preciso tê-los comigo na mochila, espalhados pela casa e outra boa quantidade deles pelo meu quarto e armário de roupas.

Mas então o tempo passou e a quantidade de livros que tenho que ler ao mesmo tempo para manter conteúdo aqui no Barato ficaram cada vez mais pesados. E eis que, numa bela bookfriday da Amazon, surgiu a oportunidade de garantir um Kindle touch!

E como uma boa caipira tecnológica, resolvi documentar meu processo de adaptação com esse dispositivo semeador da discórdia entre os leitores, na eterna rixa e-books X Livros Físicos.


Entre fazer o pedido e o dito cujo chegar em minha casa foi um processo muito rápido. Achei a caixa linda. Tenho um fraco abismal por belas embalagens... hihihi

Ele veio LIGADO. Nada daquelas paradas "de deixe carregando mil horas antes do primeiro uso."

A interface é muito intuitiva. Para quem já manuseia smartphone ou tablet, tem uma mecânica bem simples. O manual de uso vem no próprio aparelho e no primeiro contato, você já será direcionado às primeiras aventuras, como onde está o quê, aperte assim e assado para ler, etc.

Quando o aparelho passa um tempo sem manuseio, aparecem descansos de tela variados. Como o negócio é PB, alguns desses descansos parecem assustadores. Tinha um que eram pontas de caneta. Mas pareciam muitos dedos sem as mãos. Pavoroso.

Nessa primeira semana baixei alguns contos da Helena Gomes (que ainda não li, é claro, tisc), uma amostra de livro que estava namorando faz tempo (A Arte de Pedir de Amanda Palmer) e, como não podia deixar de ser, acabei baixando um livro de verdade para estrear de vez esse negócio: “Estações de Caça” de Lauro Kociuba.

Constatações da Primeira Semana:

1 – A Bateria Dura um tempão. 4 dias foi o máximo de tempo até agora. Não delisguei, só para testar. E ligado direto Durou 4 dias. Ele tem um modo automático de economia de bateria. Quando não estou lendo ele fica em standby. Tranquilo.

2 -  O trocinho é mega Leve e recarrega MUITO RÁPIDO. Vem com um cabinho para recarregar no note ou Pc.

3 - Achei a composição dele frágil. Talvez seja essa tela que lembra papel. Eu sempre duvidei. Mas lembra MESMO papel.

4 – Nessa primeira semana tive dificuldade de manter o ritmo de leitura. Dispersei-me muito lendo no Kindle. Simplesmente não conseguia manter atenção.  Talvez seja só questão de me acostumar. Vejamos o que ocorrerá nas próximas semanas.

Até a próxima folks! 
Postar um comentário