sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O que fazer com seus livros velhos?

Quando se é um leitor assumido, de carteirinha, com carimbo na mão e pulseirinha colorida, na dúvida de qual presente escolher, geralmente nossos familiares e amigos nos presenteiam com livros. E em quase todas às vezes nossa reação é mais ou menos essa: 


Ganhamos livros no aniversário, livros no natal, livros no dia das crianças, livros na páscoa, livros, livros e mais livros. São tantos que nossa prateleira passa a ser o quarto inteiro ou até mesmo a casa inteira! É livro que não acaba mais! 
Colocamos em caixas os que lemos mais de 10 vezes para dar espaço a novos integrantes em nosso oceano de letras particular, passado alguns meses ou anos com os pobrezinhos inativos. Acabamos nos lembrando deles e ao abrir a caixa vem a pergunta:  O que fazer com eles?
Vem um vazio no peito e você contempla aquela caixa com seus antigos companheiros ali, amontoados. Começa a retirá-los e lembrar-se de cada momento que passou com eles, reconhece sua importância. Você um dia os leu com tanta vontade quanto os seus novos. Esses amontoados fizeram de você um leitor e quer dar a eles um “final de vida” digno, como merecem.

“Mas como, titia Jeni? Tenho um carinho grande por eles, agora que os reencontrei, não sei se tenho coragem de me livrar deles assim!”


Espera lá, criança! Há alguns dias atrás eles fizeram aniversários dentro da escuridão, só esperando pelas traças e fungos. Livros foram feitos para ler, é um desperdício mantê-los aí sem o devido uso, não acha?

Então aqui vai algumas dicas do que fazer com seus livros velhos!

1.     Doar!

Como disse antes, livros foram feitos para ler. Então porque não dar essa oportunidade para outras pessoas? Você pode fazer uma grande diferença na vida delas com essa iniciativa.
Doar para uma biblioteca local ou de uma escola já é um bom começo. Para isso basta separar os que estão em bom estado (sem manchas, mofo, anotações pessoais ou páginas faltando), e entregá-los. Algumas bibliotecas fazem revenda anual de livros para conseguir fundos para se manter e você pode receber uma nota fiscal para descontar no imposto de renda. Não é uma boa idéia?
Grupos de leitura, igrejas, brechós, sebos e instituições de caridade também costumam aceitar doações, basta pesquisar em sua região a política de cada um. No caso das igrejas, elas entregam aos menos afortunados ou os vendem.  Você ainda pode fazer uma caixa para livros grátis em estabelecimentos públicos para que possam desfrutar de uma leitura, como por exemplo, hospitais e escolas.

Usando a internet



A internet é uma ferramenta maravilhosa para esse fim. Há um site, por exemplo, que você pode doar seus livros para países, vilarejos ou cidades do mundo todo que precisam reconstruir suas bibliotecas. Com alguns cliques você pode enviar pelo correio para instituições, organizações e programas mundiais que auxiliam lugares do globo no qual não se têm outra forma de adquirir esses materiais. O site é este aqui.
Ainda no mundo da web você encontra espaços para deixar seu livro “por aí”. Pesquisei e encontrei o BookCrossing, que não é nada mais, nada menos do que um website que fornece lugares próximos para você deixar seus livros para que outros se deliciem com eles!
Gratuitamente, alguns te levam de encontro a grupos de sua região que estarão interessados em seus livros. Você terá que oferecer seu endereço de trabalho ou casa para que esses possam buscar suas doações. Um exemplo de site é o Freecycle.

2.     Vender


É uma boa pedida para quem quer comprar novos livros e não tem dinheiro ou espaço para eles. Você pode anunciá-los online, há diversos sites de venda, até mesmo a OLX ou o Estante Virtual.
Certifique-se antes de fazer uma pesquisa para fornecer valores acessíveis e que estejam dentro da faixa de preços para essa finalidade, pois de nada adianta tentar vender pelo valor que comprou ou então disponibilizá-lo por um valor muito baixo, pois estará desvalorizando a obra. O mesmo vale para livros didáticos que você possui e não utilizará mais, muitos estudantes não tem condições de comprar um novo. Sebos também compram livros, mas geralmente pagam menos do que se você anunciar pela internet.
Você ainda tem a opção de organizar uma venda de garagem, coloque em exposição em uma caixa decorada em algum espaço que possa permanecer para orientar as pessoas, na sua calçada, no hall de seu prédio ou até mesmo na própria garagem. Etiquete o valor que sugerir e esteja aberto a reajuste de preço. Não parece bem divertido? Mas lembre-se de pesquisar antes, viu?

3.     Trocar


Planejar um amigo secreto de livros também pode ser divertido, você receberá livros novos e irá se desfazer dos seus velhos. Um grupo com 5 a 6 pessoas já é o suficiente para fazer a brincadeira ficar interessante!
 Também há a opção de apenas pedir aos seus amigos leitores-acumuladores juntarem seus velhos livros, colocarem em uma caixa e se encontrarem para trocar obras. Vocês também podem trocar todos esses em algum sebo que aceite trocas. Lembrando sempre que eles têm que estar em bom estado para uma troca equivalente.
 Há sites também que permitem que você troque seus livros por outros tipos de produtos como CD’s, DVD’s e jogos de videogame. Esses são só alguns exemplos de mercadorias, é uma opção bem conveniente para acumuladores em tratamento, não é mesmo?

4.     Artesanatos

Se estiverem em um estado muito precário de conservação e não têm condições de ao menos serem doados, porque não fazer arte com eles? Existem tantas idéias que trarão estilo e praticidade, além de dar uma cara nova para o pobrezinho que iria receber uma passagem só de ida para o lixo. Confiram!

Livro-Baú

Essa dica vai para livros de capa dura, as mais maleáveis não cairão bem.
Pegue todas as páginas do livro e cole-as com Super Bonder nas bordas, não precisa colocar muito, alguns pingos nas laterais já bastam. Procure passar uma régua sobre as folhas para que não fiquem onduladas demais devido ao uso da cola, sempre de dentro para fora do livro.
 Espere secar por 15 minutos comprimindo-o com algo pesado por cima. Feito isso desenhe uma margem de um tamanho médio de 1,5 cm (depende do tamanho do livro e o seu gosto também). Feito isso, utilizando um estilete e a régua, vá cortando nessa margem até atingir a profundidade que deseja.
Ta-dam! Um livro baú para você guardar o que quiser! Se preferir, forre o fundo com algum tecido bonito e corte um elástico de uma cor que te agrade e grampeie as pontas na parte interior da capa. Assim terá como fechar de forma mais segura e pode até deixá-lo mais estiloso!



Caixa-organizadora

Se você tem vários livros inutilizáveis com a mesma altura e uma caixa de madeira pintada e bonitinha, essa arte é para você!
Vai parecer bem complicado, mas é apenas trabalhoso, eis o que terá que fazer:
Primeiro, com uma régua posicione-a bem reta a mais ou menos 3cm de distância da lombada para a parte interna do livro. Nessa reta você irá cortar com o estilete a lombada inteira fora! Vamos lá, sem dó! Irá passar várias e várias vezes e certifique-se que está reto o seu corte.
Nessa etapa você terá que ter um tubo de cola Cascorez Extra Adesivo PVA (rótulo azul) e fita crepe. 




Agora dilua bastante a cola e passe no que restou das folhas, bem lambuzado mesmo e, com alguns prendedores de cabelo ou pregadores (vai depender da grossura do livro), coloque em todo o comprimento da lombada para que aperte bem as folhas e espere secar. Aperte bem mesmo para que elas não ondulem.
Feito isso em todas as peças, vamos fixar! Por fim, com a cola Cascorez, pegue uma lombada e cole. Não economize, passe bastante (desta vez sem diluir) e pressione na caixa de madeira, mantenha a posição e envolva com fica crepe para manter firme e espere secar bastante. Com a lombada devidamente colocada, retire as fitas e cole outra grudadinha na do lado, e assim sucessivamente. Não se esqueça que, á partir da primeira lombada, você terá que passar cola na lateral da anterior para poder fixar a próxima peça.
Ao terminar de colar todas, o resultado ficará semelhante a esse:


Bem bonito, não acham? Colocar a sua nova caixa em uma prateleira irá dar um efeito muito charmoso, sem sombras de dúvida!

E vocês? O que fazem com os livros velhos? Compartilhe conosco nos comentários!




Postar um comentário