segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Perdida

Autor: Carina Rissi
Gênero: Ficção, Romance, Viagem no Tempo
Páginas: 364
Editora: Verus

Um dia você compra um celular novo e quando vai ligar... voila! Você está em 1830.
O que? Como? Por que? Você vai descobrir neste livro da Carina Rissi.
Sofia é uma jovem ligada no mundo moderno, ela usa todas as tecnologias que tem a seu redor: Microondas, computadores, celulares, etc. Sempre se pega a pensar que não poderia viver sem elas.

Ela é uma jovem moderna que estuda e trabalha, sempre almejando melhorar no futuro. Nem sequer, pensa em se casar ou ter filhos um dia. 

Até que um dia, Sofia tem um acidente com seu celular antigo e é obrigada a comprar um novo.
E de repente ao ligar o aparelho, uma forte luz a transporta para o século 19! Enquanto um belo rapaz surge em um cavalo e roupas de época.

No inicio Sofia reluta em aceitar que viajou no tempo, na verdade ela não se adapta muito bem ao local. Felizmente o rapaz que a resgata, Ian Clarke é um cavaleiro prestativo (e lindo, tão conveniente) e a hospeda e cuida dela enquanto ela não sabe como voltar.
Ao passar o dia a dia, ela se confronta com a vida sem a tecnologia que estava acostumada. Sem banheiros! (Uma das melhores cenas do livro!)

Sua adaptação a rotina é muito divertida, é um dos pontos positivos do livro. A parte inicial da vida da Sofia na atualidade parece meio artificial, como se ela fosse alienada em seus trejeitos. Uma coisa que me incomodou durante o livro é o fato dela não ter noção de como se comportar no século em que está. Uma pessoa que ama Jane Austen, deveria no mínimo se dar conta do que falar e como se comportar na época e isto não acontece. 

Ao longo da trama ela fala gírias excessivamente e esquece de como pode chocar os outros e mostra seus pertences futuristas.
Não sei se é por acompanhar Doctor Who ou De volta pro futuro. Mas, ela ignora totalmente o lance de: o que você fizer pode alterar o presente, porque o tempo pode ser reescrito.

Mas, foi uma escolha da autora e o livro é um ótimo passatempo. O amor entre Sofia e Ian ocorre de forma romântica e um tanto picante.  Nesta viagem no tempo cheia de confusões, Sofia ao se perder encontra sua verdadeira natureza nesta fase de redescoberta.
O livro foi publicado a primeira vez pela Editora Baraúna e atualmente está sendo lançado pela editora Verus. 

Postar um comentário