quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Histórias Felinas

Autor: Giulia Moon e Helena Gomes
Gênero: Fantasia / Aventura / Juvenil
Páginas: 110
Ilustrações: Yasmin Mundaca
Editora: SESI – SP

Histórias Felinas é uma coletânea de 10 contos das escritoras, fofas, talentosas e delicinhas, de quem somos muito fãs aqui no blog! Amo o trabalho da Giulia Moon, amo o trabalho da Helena Gomes e amo gatos! Logo, um livro como esse é amor do começo ao fim, né?

Conferimos o lançamento no dia 28/08 na Bienal, onde garanti meu exemplar e devorei as páginas desses contos, coloridos e ilustrados. E por falar em ilustração, a Yasmin arrasou! Estou apaixonada por esse livro como um todo, a capa, as cores, as histórias. Só estou tendo cuidado para manter a boca fechada e não babar em cima dessa fofura. Pareço exagerada? Se você ama muito uma coisa, adora as representações dela, certo? Bom, eu adoro gatos e esse livro é um gato inteiro em páginas. Ou melhor, vários gatos paginados.


Imagem divulgação o blog da ilustradora mundomundaca.blogspot.com.br
A Giulia com uma pegada mais sombria e a Helena com seu dom de escrever contos de fadas, mostraram mais uma vez seus talentos, contando histórias, ora do ponto de vista felino, ora dos humanos, mas sempre mostrando um ponto que não seríamos capazes de ver, pontos que não daríamos atenção simplesmente por sermos humanos.

Meus contos favoritos de cada uma das escritoras são: Animmalia da Giulia e Dois mundos, da Helena. Claro que amei muito mais do que dois contos. Confesso que adorei “Enquanto isso, em nova metropolitan...” mais do que devia!

O monstro que devorou lua

Um eclipse lunar libera fenômenos sobrenaturais cheio de morte e sangue. Um gatinho muito esperto no seu instinto observa tudo e nos conta o que aconteceu através de seu olhar felino. Uma cauda eriçada e um estremecimento por esse conto.

Isis

Esperta, lânguida e charmosa. Ninguém suspeita que Isis seja a líder de uma revolução. Uma das escolhidas. Um dos gatos despertos. Mas antes de dominar o mundo, é preciso cuidar do bem estar da pequena humana que a acompanha.

Miado Blues

Ele é um misterioso gato sem dono, sem casa e sem destino. Em miado blues, acompanhamos uma noite sob os olhos de o Gato Preto. Apesar de revoltado, ele é um amante noturno muito fofo!


Animmalia

Numa cidade qualquer, num futuro não tão distante, uma dupla de detetives investiga uma morte pra lá de estranha e suspeita. Um tecnocientista caiu da varanda de sua casa, deixando para trás um charmoso par de gatinhos siameses. Os humanos tiram suas próprias conclusões, quando veem uma cena de crime. Mas nem sempre a primeira opção é realmente o que aconteceu. Eu nunca tinha lido uma coisa mais puxada para o mistério policial escrito pela Giulia Moon e fiquei encantada. Prova de que, quando um escritor é incrível ele é e pronto, né?

O Paraíso

Os gatos vão muito além das 7 vidas. Eles são imortais. Não acredita? Depois de ler esse conto, talvez me dê algum crédito.


Os três potes

Conto com jeito de fábula, Os Três potes fala da obstinação humana que pode se transformar numa maldição. Muitos gatos amarelos nesse texto e foi por eles que meu coração ficou apertado.

Todos os gatos são pardos

Numa cidade litorânea, uma enfermeira aguarda ansiosa pela morte de sua paciente, de quem herdará uma fortuna. No entanto, a Senhora poetisa tem como guardião um gatinho muito dedicado. Mais uma vez a maldade humana é retratada e nosso lado maligno é esculpido. Minha revolta só foi aplacada com o final inusitado da perversa enfermeira. Humpf.

A sucessora

É um conto arrepiante em que temos uma pitada de sobrenatural. Só o que posso dizer é que, não era qualquer gato que podia ser o gato do faraó. Hihihi

Dois mundos

Se A Sucessora foi arrepiante, “Dois mundos” ― um dos meus contos favoritos desse livro ― é simplesmente incrível. OS gatos transitam entre mundos, sem limites nem fronteiras de tempo e espaço. E olha, eu fiquei tentada a tomar esse texto ficcional como uma verdade.

Enquanto isso em Nova Metropolitan...

Alex queria ser herói e logo viu que esse trabalho não tinha o glamour que ele achava quando criança. Sua vida que já não era lá essas coisas, vira de cabeça para baixo após resgatar um misterioso gatinho dos escombros de mais um combate entre vilões e mocinhos em Nova Metropolitan. E esse é outro conto que me deixou com vontade de mais: De explorar essa cidade maluca, (uma mistura do universo de "Os Incríveis" com "One Punch") de saber o que houve com Alex depois, que raio de mundo era aquele. Inusitado, insólito e divertido. É tudo o que tenho a dizer sobre este conto.

Histórias Felinas é indicado para quem ama gatos e para quem nunca conviveu com eles. Misteriosos, inteligentes, sobrenaturais e fabulescos. Esses são os gatos e assim é esse livro, um mimo daqueles que a gente suspira agradecido por ter tido a oportunidade de ler. E mais uma vez Giulia Moon e Helena Gomes dão um show na arte em que são mestras: A arte de contar histórias como ninguém.
Postar um comentário