terça-feira, 27 de março de 2018

A Canção das Águas

Autor: Sarah Tolcser
Gênero: Fantasia / Aventura / Juvenil
Páginas: 432
Editora: Plataforma 21



A canção das águas é o primeiro volume da duologia de Sarah Tolcser e conta a saga de Carolina Oresteia, uma barqueira que navega e mora na barca Cormorant com seu pai e um homem sapo chamado Fee. Desde pequena ela sonha em com o dia que a Barca será sua e poderá ser uma grande navegante. Mas, tem algo que a lhe traz preocupação: todos os barqueiros do rio, ouvem um chamado do Deus do Rio.


O problema é que Caroline nunca ouviu sua voz, ela fica se perguntando o que há de errado com ela e se ela não poderá seguir sua vocação por conta disso. Até que o destino dá um revés, um corsário exige que uma caixa seja transportada por seu pai. Ao se negar, Nick Oresteia acaba sendo feito prisioneiro. 

Para salvar seu pai e sua barca prestes a ser apreendida pelas autoridades, Caroline se propõe a fazer a entrega da caixa sozinha. Tudo poderia ser simples, se sua carga misteriosa não fosse cobiçada por inúmeros piratas que passam a caça-la por todo o rio, fazendo com que Caroline use ao máximo suas habilidades de navegação para fugir.

Nesta frenética jornada contra o tempo, ela conhece um enigmático rapaz estrangeiro meio metido que pode mudar sua vida e coloca-la em ainda mais confusões.

Sarah Tolcser conseguiu fazer um trabalho único e viciante, é difícil largar o livro depois que começar a leitura. A trama é fluida, apaixonante e foge do convencional, temos uma protagonista independente que não quer casar, não tem uma jornada exatamente heroica e nem grandes ambições, pois apenas quer continuar a seguir sua vocação em navegar. 

A autora se inspirou na suas viagens na infância velejando para criar o universo de Caroline, seus deuses e criaturas aquáticas fantásticas. É contagiante e com certeza nos leva a querer ler a continuação que por enquanto não tem nome em português mas seu título original é: Whisper of the Tide.
Postar um comentário