terça-feira, 7 de julho de 2020

A Caçadora - Sorriso de Vampiro

Autor: Vivianne Fair
Gênero: Fantasia / Infanto juvenil
Páginas: 196
Série: A Caçadora , vol. 1
Editora: Draco


Em A caçadora - Sorriso de Vampiro, temos a protagonista Jessica Cross, que aos vinte nove anos, descobre que seus pais são caçadores de vampiros e que chegou a vez dela de levar o legado da família adiante.

E daí que, em vinte e nove anos a Jessica nunca suspeitou das viagens inesperadas de seus pais? E daí que as profissões deles não justificavam essas viagens (a mãe era professora e o pai, dentista. Técnicamente.)?  Ela nunca tinha parado para pensar nisso...

Então, um dia, ao voltar do trabalho (chatíssimo de secretária de contador. Paralavras da protagonista), Jessica é surpreendida por seus pais, com a história absurda de que ela foi recrutada por um tal de Conselho, para trabalhar como caça-vampiros. E que eles próprios (os pais da Jessica) eram caça-vampiros de elite.

Passado o susto, e depois de ter visto o tamanho do pagamento que receberia ao dar cabo de seu primeiro vampiro (partindo do pressuposto que os pais dela não eram loucos e não tinham tirado aquele cheque do nada, nem inventado o Conselho, etc, etc), Jessica parte em sua primeira missão: se disfarçar de universitária para caçar um vampiro chamado Eric, que está fazendo vítimas na Universidade da Pensilvânia.

Ao chegar lá, Jessica não encontra nenhum Eric. Ela encontra com Zack, um vampigato no auge dos seus oitocentos aninhos. Acontece que... Jess tem uma quedinha por caras bonitos. E sim, é claro que ela se apaixona pelo vapirão, que, tecnicamente, ela devia, a-ham (cof-cof) matar. E é bem aqui o início das aventuras caóticas e mais engraçadas de qualquer caçadora de todos os tempos!

Ler os livros da série A Caçadora é um ótimo passa tempo e rende sempre ótimas risadas, seja pelas situações inusitadas, pelas enrascadas  absurdas ou decisões nada inteligentes dos personagens. Aliás, personagens carismáticos é algo que tem de sobra nessa série! Começando pela própria Jess que fala mais que a boca, é doidinha e dona de um bom coração.  Os seus amigos "otakus" são hilários e sempre acabam salvando o dia (igualzinho as Powerpuff girls) e Zack o vampigato com sua aura rebelde e misteriosa cai como uma luva na história toda.

A série é recheada de referências pops e é incrivel reconhecê-las ao longo da leitura. E... Bom, essa é a resenha do livro 1, mas já temos as resenhas dos volumes 2 e 3 também. Acontece que eu comecei a ler essa série pelo segundo livro, depois fui para o terceiro e só então li o primeiro. Uma bagunça, né? Né.

E essa salada toda serviu para ver que é possível entender tudo o que está rolando sem precisar ler os outros livros para nos situar (mas assim como eu, você vai acabar querendo ler todos, pode acreditar!). E esse mérito é todo da escritora, que consegue situar o leitor sem tornar as infirmações repetitivas, mesmo para quem está lendo a série na ordem cronológica certinha.

É com uma saudadezinha boa que me despeço de A Caçadora e sua turma, que me fizeram conhecer outros livros da Vivianne e me apaixonar, como O Legado do Dragão, Quem precisa de Heróis e Rainha Sombria, já resenhados por aqui (ou quase isso).

Vou ficando por aqui e...
Até a próxima!