domingo, 9 de julho de 2017

Uma Cilada para um Marquês

Título: Cilada para um Marquês
Série: Escândalos e Canalhas - Volume 1
Autor: Sarah MacLean
Páginas: 320
Editora: Gutemberg

Sophia Talbot tem a triste sina de pertencer ao que a alta sociedade chama de "Irmãs Perigosas". Sua família ascendeu socialmente pela compra de um título por seu pai, mas todos na alta sociedade os desprezam. Para completar suas irmãs são alvos de escândalos constantes que são publicados no jornal de fofocas local. O mesmo jornal que classifica Sophia como a mais desinteressante do grupo.

Tudo muda no entanto quando ao ir numa festa, a moça acaba protagonizando seu próprio escândalo. Revoltada ela expõe todo seu asco pela sociedade de patifes e após uma saída intempestiva, ela acaba por esbarrar em Rei, o Marquês Eversley. Um conhecido "canalha" que desonra diversas jovens as vésperas de seus casamentos arruinando suas reputações. 

Mas Sophie não liga para nada disto, tudo que ela quer é uma carona para fugir da festa.
Coisa que o marquês não dá. E por deixa-la plantada sem nenhum remorso que se inicia a saga de "Gato e Rato" que gera o romance de Sarah Maclean.

A razão de Rei não ajudar, é por causa da fama das Irmãs Perigosas. Fama de fazerem de tudo para conseguirem um bom casamento, as irmãs de de Sophie estão envolvidas com homens duvidosos que as expõe em situações comprometedoras. De forma a estarem sempre nas primeiras páginas com especulações  perturbadoras. Então a primeira impressão do Marquês é: seu golpe não vai funcionar comigo mocinha.

Aos poucos no entanto, o jovem descobre que a donzela não é tão frágil como pensa e tão pouco está interessada em se casar com ele. Para desconforto dele, quando ele se dá conta disto já não consegue se separar dela.

Um bom romance de época, com algumas cenas de ação, comédia e sedução. Sarah Mclean proporciona ao leitor uma boa diversão neste primeiro volume da série "Escândalos e Canalhas".

Sinopse: De todas as bobagens incríveis que ele já tinha visto as mulheres fazendo ao longo de sua vida, aquela era, sem dúvida, a pior.” Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares. Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela. No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço. O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada? Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam.
Postar um comentário