sexta-feira, 20 de abril de 2018

Série de TV: Twin Peaks



Aquele momento que você procura uma série fora do convencional e que te dê um nó na cabeça.

Apresentamos a você: Twin Peaks.

Criada por David Lynch e Mark Frost nos anos noventa, a trama arrecadou diversos fãs na época pelo mistério no qual o Agente do F. B.I. Dale Cooper (Kyle Maclachlan) era convocado para investigar o estranho assassinato da jovem Laura Palmer (Sheryl Lee).
Uma adolescente comum que foi achada embalada em plástico SIM, EMBALADA EM PLÁSTICO na praia local.


Nos oito episódios da primeira temporada que você pode encontrar na web, somos apresentados aos personagens únicos e excêntricos da cidade como Nadine (Wendy Robb), a esposa caolha de Big Ed Hurley (Everett McGill) que na verdade é apaixonado pela dona da lanchonete local Norma Jennings (Peggy Lipton) ou Bobby Briggs (Dana Ashbrook) ex- namorado de Laura e logo um dos primeiros suspeitos.
 
David Lynch, diretor e atuando como Gordon Cole.

A questão é que em meio a todo o dia a dia bizarro, começam a acontecer coisas mais fora do normal que indicam que a morte de Laura pode não ser tão simples como parece, mas... algo sobrenatural. 

Com um final intrigante, a série foi renovada para sua segunda temporada (que vocês também encontram na web) com agora vinte e dois episódios.

Nessa nova fase, abandona-se de vez o sentido de normalidade é inserem o sentido de multiverso. Sim, tem um universos paralelos em Twin Peaks e criaturas que os habitam.
Também nessa fase, Cooper supera alguns trauma passados ao tentar se apaixonar porém, ressurge um inimigo que quer tomar o controle do universo chamado Dark Lodge (quarto negro). 


Laura Palmer, 1991 e 2017
Por que isso é importante? Por que essa é a primeira coisa que aparece quando se vê a terceira e agora nova temporada da série que está na Netflix (as duas temporadas anteriores e os filmes não estão disponíveis).

Vinte cinto anos depois da série original, David Lynch e Mark Frost resolveram voltar e responder algumas das pontas soltas desse mistério que ficou em 1991.




Agente Cooper ,1990 e 2017
 Então temos quase todo o elenco original de volta contracenando e temos o prazer de ver o que aconteceu com os personagens após todos os acontecimentos da série original
Não se sabe, se haverá uma nova temporada ou se está foi única. Conheci a série e me prendeu exatamente por ser excêntrica e eu não entender absolutamente nada do que acontecia. 


A temporada atual tem muitas cenas de humor que talvez fiquem sem contexto para quem não assistiu as duas temporadas anteriores. Então recomendo que vejam tudo.

Existe também dois filmes, que na verdade são um compilado de cenas cortadas das duas temporadas originais. Fire walk with me tem a participação de David Bowie como o primeiro agente a ter contato com o Dark Lodge.

David Bowie em sua participação especial no filme: Twin Peaks - Fire Walk With Me

Outra curiosidade é que o próprio diretor David Lynch está atuando como Gordon Cole, o superior surdo de Cooper. 

Então, se você quer uma coisa louca pra quebrar a cabeça: veja Twin Peaks.

Não tente entender nada. Sério. Tem coisas que acho que nem os autores sabem por que está lá. Veja, sinta e reaja a obra, mas não racionalize. Por que não sei se tem algum sentido, mas recomendo. 

Não apenas adoro a série, como virei fã do Agente Copper e atormento a Dany Fernandez com diversos gifs da série como estes que encerram a matéria hoje. 
 

via GIPHY

Quando você leva um tiro, mas está de boa.



via GIPHY

Quando você começa a assistir a série e surge aquela cena "Mais que droga é essa?!"
Postar um comentário