domingo, 23 de agosto de 2015

República de Ladrões


Autor: Scott Lynch
Gênero: Aventura, Ficção
Páginas: 544
Editora: Arqueiro
Série: Nobres Vigaristas- Vol. 3

Atenção: Esta matéria contém SPOILERS sobre os primeiros volumes da série "Nobres Vigaristas". Você pode conferir as resenhas dos primeiros volumes clicando logo abaixo:



Dito isto, vamos ao que interessa...
Nesta nova aventura, reencontramos Locke Lamora após seu fatídico envenenamento mortal no volume passado. Condenado a morte e muito debilitado, seu amigo Jean Tannem corre contra o tempo tentando encontrar uma cura. Depois de visitar todos os médicos e curandeiros disponíveis na cidade, uma enigmática pessoa surge: Paciência. 

Não, não estou pedindo para você ter paciência.Paciência é o nome da Maga Servidora que aparece aos nossos protagonistas. Prevenido da natureza nada amigável dos magos,ambos ficam em atitude defensiva. Porém,ela oferece um acordo irrecusável, em troca da ajuda de ambos para eleger seu partido "Raízes Profundas" na eleição que ocorrerá em Kartane, ela retirará o veneno do corpo de Locke.


Após hesitação, muitas considerações e ameaças de morte, eles aceitam. Mas,vencer estáeleição não é tão fácil assim. Isto porque além do partido oponente "Íris Negra" ser vencedor há vários anos, eles contrataram uma pessoa para se opor a dupla Locke-Jean. E qual a surpresa ao saber que esta pessoa é na verdade o grande amor da vida de Locke, Sabeta.


Sabeta, Locke e Jean


Mencionada nos livros anteriores, mas nunca realmente vista. Sabeta surge através das memórias e do presente da dupla. Ruiva, a única nobre vigarista mulher é extremamente habilidosa, complexada e paranóica. Ela aparece para fazer a vida de Locke e Jean um verdadeiro inferno. 

Tramoias, roubos, acusações e traições estão presentes na eleição. A cada reviravolta para derrubar o oponente, Locke e Sabeta se encontram e tentam resolver o que separou os dois no passado. O que não agrada nada aos contratantes deles, uma vez que o clima de romance entre o casal é palpável.

Como sempre mesclando passado e presente. Scott Lynch nos brinda com os episódios da infância de Locke e dos Nobres Vigaristas, desta vez apresentando desde o inicio como foi a historia de amor de Locke e os motivos de Sabeta ter abandonado seus companheiros de gangue.

Aliado a isto grandes revelações sobre a origem de Locke antes de ser um nobre vigarista acontecem. Uma vez que Locke é órfão, ele mesmo não tem memórias de sua origem e pistas de quem ele pode ser são lançadas magistral e bombasticamente neste volume.




Panorama final: O livro não tem os mesmos golpes amplamente arquitetados dos volumes anteriores, sendo o foco na vida amorosa dos protagonistas. Mesmo assim a leitura é muito agradável e você não consegue parar de ler depois que começa. Não gostei de Sabeta, acho que o Locke merecia uma mulher melhor e menos complicada que ela, e torço para que esta mulher apareça nos livros futuros. 
"República dos Ladrões" é recomendado a todos que gostam da série e de uma boa aventura. O próximo volume da série ainda inédito no Brasil é "O Espinho de Emberlane".

Sinopse: Envenenado e à beira da morte, Locke Lamora segue para o norte com seu parceiro, Jean Tannen, em busca de refúgio e de um alquimista para curá-lo. Porém, a verdade é que ninguém pode salvá-lo. Com a sorte, o dinheiro e a esperança esgotados, os Nobres Vigaristas recebem uma oferta de seus arquirrivais, os Magos-Servidores.

As eleições do conselho dos magos se aproximam e as facções precisam de alguém para fazer o trabalho sujo, manipulando votos. Se Locke aceitar, o veneno será purgado de seu corpo com o uso de magia – mas o processo será tão excruciante que ele vai desejar morrer.
Locke acaba cedendo ao saber que o partido da oposição contará com uma mulher do seu passado: Sabeta Belacoros, a única pessoa capaz de se igualar a ele nas habilidades criminosas e mandar em seu coração. Novamente em uma disputa para ver quem é o mais inteligente, Locke precisa se decidir entre enfrentar Sabeta ou cortejá-la, e a vida dos dois pode depender dessa decisão.
República de ladrões leva o leitor ao início da vida de Locke enquanto flerta com o seu fim, revelando todos os matizes de Sabeta e de seu relacionamento com o líder dos Nobres Vigaristas. Misturando momentos tensos e cômicos do passado e do presente, esta obra é, até agora, a melhor de Scott Lynch.


Postar um comentário