Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

Encontro com um Kindle Parte 3 (e última)

Imagem
E chegamos ao capítulo final da minha adaptação com o Kindle. Nesses quase dois meses de uso assíduo eu só tive que recarregar a bateria 3 vezes. Apenas isso. Detalhe: Eu nunca desligo o aparelho. Ele fica assim, em stand by. O recurso de notas é uma das coisas que mais tenho amado nesse dispositivo: posso selecionar uma frase ou uma palavra e anotar todas as ideias e impressões que tive durante a leitura. E no final dá para acessar todas as notas feitas. Isso ajuda MUITO na hora de fazer as resenhas. Deixa tudo mais rápido e dinâmico e não tenho corro o risco de perder as anotações feitas nos post it que uso nos livros físicos. :P

Estações de Caça - Haakon I

Imagem
Autor: Lauro Kociuba Gênero : Ficção, Fantasia e Aventura Páginas: 157   Segundo volume do universo " Alvores ",  em "Haakon I - Estações de Caça" somos apresentados a um passado místico em que humanos conviviam com seres mágicos e os Deuses agiam na Terra. Lauro Kociuba se inspirou nos vikings para criar mais um episódio fascinante desta série.

Zé do Caixão

Imagem
Ele veio ao mundo numa sexta-feira 13, em março de 1936. Quase oitenta anos depois, José Mojica Marins construiu um legado artístico incomparável em nosso país e se consagrou como um dos grande mestres do Terror mundial. O público conhece sua voz gutural, as infindáveis garras que ele chama de unhas, sua barba cerrada e suas roupas, incluindo capa e cartola, sempre escuras como a noite. Mas até que ponto o Brasil reconhece toda genialidade do homem por trás do mito?

Como descobrir seu gênero Literário?

Imagem
Saudações, caros Leitores Baratais! Hoje venho aqui trazer mais uma matéria visando, claro, iluminar o caminho daqueles leitores que buscam se encontrar,independente de seu destino. Ninguém melhor que uma menina meio perdida pra entender o que vocês sentem, não é mesmo? Ao longo do meu Caminho Das Letras , trarei sempre novidades que facilitarão a jornada do próximo, então aqui está mais uma dificuldade que todo leitor passa, seja no começo ou após anos de “atuação na área”.  Para aqueles que acabaram de ingressar nesse caminho, é normal essa agitação e ansiedade para encontrar seu gênero predileto, até porque o indicado é fazer exatamente isso. Mas... Como descobrir o seu gênero literário? Aqui vão algumas dicas que podem servir para você, confira!

A Liga dos Artesãos

Imagem
“Suas Certezas são questionáveis, o inesperado sempre é certo e a dúvida não é uma opção.” Autor:  Lauro Kociuba   Gênero : Fantasia | Ficção Brasileira Páginas: 269 Editora:  - Eu já disse várias vezes aqui no Barato que não tenho preconceito literário. E aí surgiu a oportunidade de conferir o trabalho de um autor independente: Lauro Kociuba, paranaense gente boa e cheirador de fantasia, criador do universo Alvores. E... bem, foi assim que entrei para a Liga dos Artesãos e não saí mais de lá! XD O livro nos apresenta Tales, um garoto descendente de elfos e humanos e aprendiz de Aer’delo, um elfo que sonha em trazer de volta a glória de seus antepassados.  Digamos, que ele tem um plano mirabolante para realizar sua vontade. E sobre isso é só o que posso falar. Depois de uma noite em claro, de olho no General Shkrenee  e de levar um tiro de raspão na cabeça, Tales recebe a visita de um anão chamado Bro-Thum, dizendo que a vida do garoto corre perigo e

Steampunk Ladies- Vingança a Vapor

Imagem
Steampunk é um gênero narrativo de ficção retro futurista. E o que é isto você pergunta?  É um universo de ficção cientifica criado a partir dos moldes da Era Vitoriana (ou não) com a concepção do que teria acontecido caso o mundo tivesse se desenvolvido através da tecnologia do vapor (em inglês: Steam ). Um exemplo do gênero são os filmes "A Liga Extraordinária" e "De volta para o futuro 3", neste último o Doc e Martin se vêem no faroeste. Exatamente onde se passa a história da nossa HQ de hoje. Steampunk Ladies é uma aventura onde duas damas de origens bem diferentes acabam por se juntar por vingança contra inimigos em comum

Como terminar AQUELE livro chato?

Imagem
Olá, barateiros e barateiras! Aqui estou eu, titia Jeni, com mais uma matéria quentinha para vocês! Como vocês já devem ter percebido eu adoro cuidar da vida dos outros dar dicas para os leitores, sempre ressalto que não existe apenas um tipo de leitor, não há uma missão, iniciação ou uma coruja voando pela sua janela que trará uma carta dizendo que tornaste um leitor. Se você lê e gosta disso, já é um de nós! \o/ Há, claro, aqueles que lêem com mais afinco, outros que só quando o computador está na manutenção, tem os que preferem os clássicos, e aqueles que gostam dos atuais. Não existe uma exigência para que seja considerado um leitor, como dito anteriormente. Então, crianças, ignorem aqueles comentários do tipo: “Como você nunca leu esse livro? Que tipo de leitor você é?”. E mesmo os leitores com anos de experiência encontram barreiras na hora de terminar um livro, às vezes pode ser um livro da faculdade, o qual é obrigado a ler, uma indicação de um amigo ou apenas uma met

Fantasmagorias

Imagem
Autor: R. F. Lucchetti Gênero : Terror | Fantasia Páginas: 96 Editora: Devaneio #FantasticWorld Sempre que eu via a capa do Fantasmagorias, ficava intrigada. O tom azul e aquele monte de crânios num lodaçal pantanoso eram um convite para minha imaginação hiperfelitilizada.   E não é que um dia — Nesse Dia — acabei encontrando pessoalmente com o livro e o levei para casa? No início, eu estava muito tímida. Mas logo me senti à vontade, acompanhada de narradores taciturnos e acontecimentos fantásticos, oscilando entre o assustador e o singelo. Eu sempre tive um gosto estranho.   Quando criança e boa parte da adolescência, adorava filmes de terror das décadas entre 30 e 70. Bela Lugosi, Christopher Lee e Vincent Price foram, por muito tempo, meus assombrados preferidos.   Bom, o tempo passou e as sessões de cinema na casa da avó foram deixadas para trás, e com elas ficaram a minha noção de bom terror (que eu só tinha contato novamente nos filmes do Tim

Motivos para se desistir de ler um livro

Imagem
Todo mundo deve ter pelo menos um livro na estante que abriu apenas uma vez. Eu sempre aconselho a buscar terminar o livro, enxergar sua perspectiva e procurar absorver tudo que ele possa oferecer e que talvez estejamos nos recusando a ver. Porém, existem livros que, pasmem, não merecem sua atenção mesmo. Ainda que o autor tenha se esforçado para terminar, editar e publicar essa obra, se ela é ruim (ou péssima), você não tem a obrigação de lê-lo. Mas como saber que não estamos desperdiçando informações? Jogando fora o pão com presunto inteiro por conta de uma mera casquinha na ponta? Passamos a identificar isso com muita leitura, aprendendo seu gênero e o respeitando em um enredo, saber dizer se aquela história de romance está indo mal ou se aquela ficção precisa colocar os pés mais no chão. A base pra tudo é a leitura.

Barateando no encontro literário: Terror em Todo Lugar!

Imagem
André Freitas, Luke Fernandez, André Vianco, Adriano Siqueira, Marcos de Brito, Giulia Moon e Lorde A. Foto: Blog Luke Fernandes Embora no sábado tenha sido o encontro do Barato, no domingo Dany Fernandez já estava por aqui de novo e fomos juntas conferir o encontro do Blog Luke Fernandes com o tema Terror em todo lugar .

Obra literária nacional busca apoio no Catarse

Imagem
Em Kalciferum, Rafael precisa aprender que o mundo é cheio de demônios. Uma das coisas que nos movem aqui no Barato é o apoio a autores nacionais, iniciantes ou não. O que importa é que o trabalho seja incrível e chegue ao máximo de leitores que pudermos chegar! E dessa vez, a matéria é especial, pois falaremos de Kalciferum um projeto de literatura de fantasia e terror buscando financiamento no Catarse, e que desde já conta com nosso apoio!  E do que se trata esse novo universo em ebulição? 

E o nosso encontro foi assim... uma festa!

Imagem
Foram algumas semanas de correria, de levantamento de brindes, de conversa com livraria, autores e convidados. E então chegou o dia 09/10, e viajamos para o Rio. A Rodoviária estava um caos por causa do feriadão e as estradas entupidas. Todos estavam viajando, e nós também! Foi um sábado descontraído um bate papo bacana, pessoas alegres, divertidas. Uma experiência que adorei e deixou o sabor de quero mais — de quero muito mais — e o desejo de sempre poder fazer isso, mais e mais uma vez.

Elric de Melniboné- A Traição do Imperador

Imagem
Autor: Michael Moorcock Gênero : Ficção, Fantasia Páginas: 182 Editora: Generale Pela primeira vez no Brasil, está sendo publicado o primeiro volume da Saga do Imperador Elric de Melniboné, criado por Michael Moorcock, autor que é influência de grandes autores da fantasia atual como George R. R. Martin ( As Crônicas de Gelo e Fogo ) e Neil Gaiman ( Sandman, O oceano no fim do caminho ).  O livro "A Traição ao Imperador " originalmente eram três contos sobre Elric publicados separadamente na revista Science Fantasy .  Elric é o atual imperador do reino de Melniboné, porém ele foge do estereotipo de herói logo de cara. 

Encontro com um Kindle – Parte 2

Imagem
Minhas aventuras com o Kindle estão bem modestas, é verdade. Na última bienal do Rio aproveitei o estande da Amazon e comprei uma capinha. Agora ele está mais seguro contra minha desastrez natural. No último livro que li nele, usei o recurso de notas. E é absolutamente incrível! É como usar os post-its nos livros físicos, sem perder os malditos papeizinhos ou vazar tinta da caneta para as páginas do livro. E tem o recurso maneiro de pressionar uma palavra e acessar o significado dela no dicionário. Adorei.

Rotina Literária, Como Criar Uma?

Imagem
Há um tipo de leitor que chamo de “Leitor Turista”, ele visita de vez em quando o País Literário para se distrair quando os ventos estão na direção certa e as estrelas em suas posições. O motivo? Falta de tempo, lugar, disposição, energia. Mas na verdade, mal sabe ele que só do que precisa é de uma rotina literária! Imagine que acaba de começar uma caminhada, não será nas primeiras vezes que conseguirá correr os metros que deseja, somente com treino diário e uma dose de esforço que irá alcançar a sua meta. Porque com sua rotina literária seria diferente? Ler é um exercício para a mente, e para que você alcance a facilidade do qual outros lêem, precisa se treinar. Dispensando delongas, vamos para as dicas?