terça-feira, 16 de outubro de 2018

5 escritoras nacionais para gostar de ler!

Olaaaar, pessoas! Estava aqui, pensando num post diferente para o blog, e eis quê, decidi fazer uma indicação de 5 escritoras nacionais para gostar de ler.

Para começar, eu já aviso: quando fiz a listinha das minhas escritoras favoritas, deu beeeeem mais que 5. Sério.  Mas escolhi esse número porque eu gosto de 5! E também porque o post ficaria com um tamanho legal e posso dividir o conteúdo, fazendo mais indicações depois, num "escritoras nacionais para gostar de ler parte 02, 03, 04... (esperta sá minina, não?). 

Me dei conta que poderia fazer um post assim, quando analisei que a maior parte dos livros que li esse ano, são de escritorAs. E olha que não fiz isso premeditadamente, nada do tipo "Agora só lerei livros escritos por mulheres, muahahaha!" Só aconteceu, e isso me fez pensar que tem muito material incrível produzido por escritoras nacionais e que talvez, só talvez, eu possa levar um pouquinho delas para quem ainda não conhece, ou está na dúvida se adquire ou não um livro delas.


Apresentação feita, simbora para o post! Pessoas e pessôos, com vocês, 5 escritoras nacionais para gostar de ler (dica: todas as palavras vermelhas são links)!


Ana Cristina Rodrigues - Escritora, tradutora, leitora crítica, editora e mãe, com bacharelado e mestrado em História. A Ana é contista com mais de 30 contos publicados em sites e coletâneas no Brasil e no exterior. Embora se aventure na Ficção Científica e no Terror, seu forte é a Fantasia. Pesquei todos esses dados no site da autora, e lá tem muuuuuito mais informações sobre seu trabalho. Ela é incrível!

Da Ana eu já li Anacrônicas - Contos mágicos & trágicos e Fábulas Ferais. Ambos com resenha aqui no blog. Do Fábulas eu até gravei um vídeo para o canal do Alcateia. Fábulas Ferais acabou sendo o meu livro favorito do trabalho da Ana e estou super ansiosa para ler o "Atlas Ageográfico de Lugares Imaginários", que sairá em breve. A escrita da Ana é enxuta e ela faz a gente entrar rapidinho nos personagens que apresenta.


Carolina ManciniFormada em teatro, é professora de artes na rede municipal de São Paulo. Publicou seu primeiro romance de fantasia “Dias de Chuva” em 2016, pela Editora Estronho, além de ter participado de antologias de fantasia, terror e poesia. De maneira despretensiosa, atualiza contos em seu perfil do Wattpad e vídeos no Youtube, e este ano (2018) retornou para o terror com o lançamento de Nihil, também pela Editora Estronho.

Estou super curiosa para ler o livro anterior da Carol, "Dias de chuva". Mas enquanto esse momento não chega, posso dizer que eu já li Nihil e é um dos meus livros favoritos de 2018, já resenhado aqui no blog! E por falar em blog, o cantinho da Carol é uma janela de inspiração. Para visitar é só clicar aqui.


Giulia Moon - É escritora, ilustradora e publicitária. Conhecida (reconhecida, premiada, certificada, amada) como autora da série de aventuras da vampira japonesa Kaori, que já tem três volumes publicados: Kaori: Perfume de Vampira (Giz Editorial, 2009), Kaori 2: Coração de Vampira (Giz Editorial, 2011) e Kaori e o Samurai Sem Braço (Giz Editorial, 2012).Tem em seu currículo várias coletâneas de contos, entre elas, a recente As Vampiras – Flores Mortais (Giz Editorial, 2014)

Conhecida como titia Giu pelos fãs, Giulia está sempre presente nas redes sociais, onde troca ideias sobre vampiros, animes, gatos e rock japonês com os seus leitores. Ela também é uma das mentoras do projeto "Fome de Letras" - um curso de escrita criativa em que eu a Josy somos alunas. 
Eu adoro a série Kaori e a coletânea Flores Mortais, mas Perfume de Vampira sempre vai ter um cantinho mega especial no meu coraçãozinho darkoso.

Helena Gomes - É jornalista, revisora e autora de vários livros com adoção em escolas. Tem ainda obras selecionadas para representar a Literatura Brasileira no catálogo Selection of Brazilian Writers, Illustrators and Publishers da FNLIJ para a Feira do Livro Infantil de Bolonha (2015 e 2017) e na Machado de Assis Magazine, no Salão do Livro de Paris (2015). Com mais de 30 livros publicados, Helena Gomes é uma das principais vozes da literatura fantástica nacional, quatro vezes finalista do Prêmio Jabuti!

E se você pesquisar sobre ela aqui no blog, vai encontrar beeeem mais de uma resenha / matéria sobre a Helena, de quem o primeiro trabalho que li foi sua versão de Tristão e Isolda e fiquei encantada. Já a Josy aqui do blog, ama a série de livros " A caverna de cristais", e o primeiro livro da série, "O arqueiro e a feiticeira" é o seu mais favoritão de todo o mundo quando se trata dos trabalhos da Helena e sim, tem uma resenha bem antiguinha desse livro aqui no blog. 


Vivianne Fair - É artista plástica formada pela UnB, cantora, professora de inglês e desenho. É autora da trilogia "A Caçadora" (resenhas aqui), de "Quem precisa de herois?", "Rainha Sombria" e "O Legado do Dragão". Além das fantasias cheias de humor que ela escreve, também tem noveletas e contos publicados no seu blog Recanto da chefa e no seu perfil no wattpad.

Sempre que quero ler uma coisa para me me animar (fazer o quê, né? às vezes a vida insiste em nos deixar tristes e abatidos), eu encontro o que procuro nos livros da Vivi! Adoro suas "hipérboles" literárias, suas personagens malucas e cheias de atitude. Outra coisa super especial é encontrar a Vivi nos eventos fazendo cosplay de suas protagonistas. #adooooro!


Essas são algumas escritoras nacionais com trabalhos maravilhosos e que não tem como não gostar, sabe? E além de profissionais incríveis, também inspiram por serem quem são. 

Uma das coisas que a internet nos possibilita, é poder seguir um pouco das pessoas que admiramos, poder acompanhar os trabalhos novos e em andamento dos nossos autores favoritos. E tudo fica ainda melhor, quando alguém que admiramos o trabalho, também é uma pessoa que nos inspira a buscar nossos sonhos, a sermos melhores, a termos um pouquinho mais de consciência nessa vida: seja sobre arte, seja sobre o mundo.

Ufa! Esse post ficou enorme, né? Imagina só se eu falasse de todas as escritoras que adoro de uma vez? Melhor não imaginar.

Vou ficando por aqui e até a próxima folks!

Postar um comentário